23 de abril de 2024

Na luta por melhores condições de trabalho para os servidores da Saúde e Assistência Social, SINDPREV visita CAPS AD III

O trabalho de verificação in loco das condições de trabalho nos postos e unidades de saúde de Maceió e outras cidades deve ser intensificado. O SINDPREV se coloca à disposição de todos os servidores para tentar junto a gestão solucionar as difíceis condições de trabalho existentes nesta Unidade de Saúde.

Umas das atividades mais importantes do SINDPREV-AL é salvaguardar os servidores no tocante às condições de trabalho, principalmente nos postos e unidades de Saúde. Assim, na manhã desta segunda-feira, os dirigentes do SINDPREV-AL, Arlene Farias e Leonardo Correia cumpriram agenda visitando o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS AD III) r. Everaldo Moreira, localizado na rua Barão José Miguel, 378, bairro do Farol.

Na visita, os dirigentes sindicais foram recebidos pelo Coordenador do CAPS, Berto Gonçalo e por todos os servidores, que puderam apresentar suas demandas e sugestões. Durante a visita foi constatado que o CAPS está em reforma, com troca de portas, telhado e forro do teto da recepção e salas de atendimento.

Veja abaixo principais problemas verificados

Infelizmente, segundo informações obtidas pelo SINDPREV, o telhado que está sendo instalado no local é de amianto, o que aumenta e muito a temperatura, prejudicando as condições de trabalho. Outro ponto verificado é que na recepção, dos três ventiladores existentes, apenas um funciona e precariamente, pois não tem potência suficiente para amenizar o calor. Os toldos instalados nos fundos do CAPS, por onde circulam os servidores e usuários, estão rasgados, alguns não tem altura suficiente para ventilação, por isso em dias de sol aumenta e muito a temperatura causando calor excessivo.

Destaca-se ainda que, com a reforma, em muitas ocasiões os servidores que precisam se locomover durante o trabalho, da recepção para a parte interna do CAPS,  este acesso tem que ser feito pela parte externa da Unidade, onde a calçada se encontra com vários buracos e praticamente tomada pelo mato, além da falta de segurança. O CAPS que não possui vigilantes nem seguranças, encontra-se localizado numa região da cidade atingidas pelo afundamento de solo causado pela Braskem, é um local deserto, principalmente a noite para os servidores plantonistas, onde a falta de segurança, que é uma situação gravíssima, coloca em risco a vida de todos os trabalhadores.

Após a reunião, foram distribuídos panfletos das empreses que tem convênio de desconto com o SINDPREV/AL. Estes convênios podem ser acessados aqui no nosso site na sessão convênios.

Luta continua

O trabalho de verificação in loco das condições de trabalho nos postos e unidades de saúde de Maceió e outras cidades deve ser intensificado. O SINDPREV se coloca à disposição de todos os servidores para tentar junto a gestão solucionar as difíceis condições de trabalho existentes nesta Unidade de Saúde.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *