8 de maio de 2019

Servidores municipais de Cajueiro dão ultimato à gestão e podem paralisar atividades

Indicativo de paralisação é o dia 14 de maio, quando os trabalhadores esperam uma resposta da prefeitura às reivindicações da categoria

Em Assembleia Geral, servidores municipais da Saúde e Assistência Social de Cajueiro decidiram estabelecer o dia 14 de maio (terça-feira) como data-limite para que a gestão apresente uma resposta a proposta de revisão salarial entregue pelo SINDPREV-AL. Caso os gestores não respondam ao Sindicato, os trabalhadores estão dispostos a paralisar as atividades por 24 horas como forma de protesto.

A Assembleia também discutiu sobre o PMAQ e a lei que regulamentou o repasse dos recursos do referido programa aos servidores que foi sancionada em novembro de 2018, mas não vem sendo respeitada pela gestão. Esta também é uma pauta que consta da campanha salarial/2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *