23 de janeiro de 2023

NOTA DO SINDPREV-AL: Vidas Yanomamis importam

Urge estabelecer urgentemente uma rede de proteção aos povos originários, dotando-lhes de mecanismos eficazes para que possam viver em suas terras dignamente, sem o manto da morte e da destruição.

Seres humanos que deveriam ter sido protegidos pelo Estado brasileiro morreram e morrem devido a falta de alimentos, remédios e envenenamento das águas e da terra por garimpeiros ilegais em Roraima. Essa é a realidade das várias nações Yanomamis que vivem e morrem nessa região desamparada ao longos dos últimos anos, em especial no mandato do ex-presidente Jair Messias Bolsonaro, que tudo fez para garantir o garimpo ilegal na região e o genocídio das nações originárias que estão no local há vários séculos.

Nós do SINDPREV-AL vimos a público dar nossa total solidariedade ao povo Yanomami, ao mesmo tempo que cobramos punição exemplar das autoridades constituídas e das organizações internacionais para os verdadeiros culpados desse extermínio dos povos originários.

Urge estabelecer urgentemente uma rede de proteção aos povos originários, dotando-lhes de mecanismos eficazes para que possam viver em suas terras dignamente, sem o manto da morte e da destruição.

Sim, as vidas Yanomamis importam para o povo brasileiro. Nossa solidariedade e indignação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *