2 de junho de 2022

SINDPREV-AL, SINTEAL e outros 10 Sindicatos rejeitam proposta do prefeito João Henrique Caldas de reajuste ridículo de 4% divido em duas vezes

Proposta dos gestores municipais é considerada aviltante pela maioria dos Sindicatos representativos dos servidores municipais de Maceió

A luta por uma reposição salarial digna dos servidores públicos municipais de Maceió continua. O conjunto dos Sindicatos que fazem parte do Movimento Unificado dos Servidores de Maceió rejeitam a proposta apresentada pelo prefeito João Henrique Caldas, o JHC, que estabelece um percentual absurdo de apenas 4%, dividido em duas vezes, sendo uma em julho e outra em outro. E duas progressões, dividas em em dezembro/2022 e em abril/2023.

Claramente a proposta da prefeitura não contempla a expectativa dos servidores, que amargam muitas perdas salariais ao longo dos últimos anos.

O SINDPREV-AL, SINTEAL e outros Sindicatos não aceitam esse reajuste muito aquém do que reivindicam e podem deflagrar uma forte greve nos próximos dias.

Veja a lista dos Sindicatos que não aceitam os quatro por cento divididos em duas vezes:

1- SOEAL
2- SASEAL
3- SINEAL
4- SINDPREV-AL
4- SINDACS
5- SINDNUT
6- SINDATRAN
7- SINTRAEAL
8- SINDFARMACIA
9- SINDPSI
10- SINTEAL
11- SINMED

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *