11 de maio de 2022

Governo de Alagoas coloca Servidores do SAMU Maceió em risco de morte. Assista ao vídeo

Não bastasse o caos e o descaso do governo de Alagoas-SESAU com os servidores do SAMU de Arapiraca já denunciado no site do SINDPREV em onze de abril de 2022, o problema atinge também o SAMU MACEIÓ .

Segundo as denúncias, as ambulâncias estão trafegando sem identificação para atender as ocorrências. Os condutores tem tido dificuldade na ultrapassagem pela faixa azul e também de ultrapassar outros transportes por serem confundidos com vans que fazem transporte alternativo de passageiros, dificultando a celeridade no atendimento, aumentando o nível de estresse, além de causar acidentes no trajeto, pois os demais motoristas não param e nem dão passagem devido a descaracterização das ambulâncias, correndo risco de colisão, sofrendo agressões verbais e ameaças no trânsito ao tentar prestar socorro a população.

Ainda segundo as denúncias, durante uma ocorrência foi necessário parar a ambulância em uma rua, impedindo parcialmente a passagem dos veículos para realizar o socorro a uma vítima de atropelamento e por isso os servidores foram agredidos verbalmente por motoristas, pois os mesmos não acreditaram que era uma viatura do SAMU pela falta de identificação oficial. Além das agressões, ao sair do local para levar o paciente ao hospital, colidiram a viatura porque os motoristas não dão passagem pensando que a viatura é uma Van comum, mesmo com a sirene ligada.

O SINDPREV enviará ofício para a coordenação do SAMU cobrando solução para o caos estabelecido, bem como acionará os Ministérios Públicos Estadual (MPE/AL) e do Trabalho (MPT/AL) caso não haja nenhuma resposta efetiva para essa demanda.

ASSISTA AO VÍDEO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *