12 de janeiro de 2021

A VACINA CONTRA COVID PRODUZIDA PELO BUTANTAN É UMA VITÓRIA DO SERVIÇO PÚBLICO!

Contra a negligência de Bolsonaro, o oportunismo de Dória e o apoio à Reforma Administrativa de ambos, devemos lutar pela defesa da vida e do serviço público!

Muitos estão comemorando o alto índice de eficácia da vacina CoronaVac desenvolvida pelo Instituto Butantan, que trabalhou em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

O seu índice de eficácia é de 78% contra contaminação e de 100% contra casos graves. Tanto o governo federal de Bolsonaro quanto o governo estadual de João Dória adotaram posturas equivocadas em relação a essa vacina.

O primeiro fez e continua fazendo de tudo para que os brasileiros desconfiem do medicamento e não se imunizem por meio dele apenas para acirrar a disputa política com o opositor paulista.

Antes disso, Bolsonaro negligenciou um plano nacional de vacinação – inclusive o desenvolvimento de uma vacina nacional – e agora corre atrás do prejuízo que isso lhe causou, inclusive buscando atrasar ou mesmo inviabilizar a aprovação da CoronaVac para não perder capital político, mesmo que às custas da vida de milhares de pessoas.

Em contrapartida, Dória demonstra um enorme oportunismo ao se colocar como o grande responsável pela CoronaVac, fazendo uso político de seu lançamento, com vistas à eleição de 2022. Na verdade, a vacina não vem de Dória, mas sim do trabalho incansável de cientistas do Instituto Butantan, órgão público vinculado à Secretaria Estadual de Saúde do Estado de São Paulo, que conta com profissionais concursados e capacitados.

Infelizmente, os políticos no Brasil adquiriram o péssimo costume de apresentar seu trabalho como um favor que prestassem aos brasileiros, como se não tivessem sido eleitos para isso, e até mesmo roubam os créditos dos verdadeiros responsáveis pelas benfeitorias realizadas durante sua gestão, nesse caso os cientistas.

A vacina do Butantan é uma vitória do serviço público de saúde brasileiro, o que demonstra a necessidade de valorização desses serviços. Nesse sentido, tanto o governo federal, quanto o governo estadual caminham na contramão disso apoiando medidas como a Reforma Administrativa, que vai abrir as portas para a destruição do serviço público, por meio da terceirização e da privatização.

Contra a negligência de Bolsonaro, o oportunismo de Dória e o apoio à Reforma Administrativa de ambos, devemos lutar pela defesa da vida e do serviço público!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *