29 de junho de 2020

A importância do SUAS – Sistema Único de Assistência Social neste momento de pandemia é tema de live da CNTSS/CUT na terça, 30/06, a partir das 18 horas

Representantes do setores acadêmico, trabalhadores e usuários debaterão a atualidade do sistema, sua importância e os ataques que vem sofrendo; professora Aldaíza Sposati está entre as convidadas

“A importância do fortalecimento dos trabalhadores e usuários no SUAS – Sistema Único de Assistência Social” será o tema de transmissão ao vivo, live, a ser realizada pela CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social na terça-feira, 30 de junho, às 18 horas. A transmissão terá como mediadora a Secretária de Saúde do Trabalhador, Maria Godoi de Faria, e faz parte dos debates realizados para discutir a realidade dos trabalhadores essenciais neste momento de pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A transmissão acontecerá pelo facebook da Confederação: @cntsscut  ( https://bit.ly/2Bg9xjd )

 

Foram convidas para o debate a professora da PUC/SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Aldaiza Sposati; a assistente Social da Prefeitura do Rio de Janeiro, mestra em Serviço Social, professora aposentada e ex-Conselheira do CNAS – Conselho Nacional de Assistência Social, Margareth Alves Dallaruvera; e a presidenta do CNAS gestão 2019 e atual vice-presidente representando a sociedade civil pelo segmento de usuários, Aldenora Gomes González. O diálogo entre as convidadas permitirá traçar um quadro tendo como referência a academia, os trabalhadores e os usuários. São os três campos que atuam na construção e na manutenção do sistema e de suas políticas públicas.

 

Incluída no chamado tripé da Seguridade Social, como a Saúde e Previdência Social, a Assistência Social tem seu importante papel intensificado neste momento de pandemia em que os setores mais vulneráveis da sociedade necessitam ainda mais das políticas de atendimento disponibilizados pela rede de atendimento do sistema. Desta forma, assim como os demais trabalhadores essências, estes profissionais também sofrem com os efeitos da pandemia e correm o risco de contaminação. Mesmo com toda esta importância, a área tem sofrido com os ataques dos atuais governos e, como toda a Seguridade Social, passando por desfinanciamento.

 

Está entre as definições sobre o objetivo da área: “A Assistência Social, diferentemente da previdência social, não é contributiva, ou seja, deve atender a todos os cidadãos que dela necessitarem. Realiza-se a partir de ações integradas entre a iniciativa pública, privada e da sociedade civil, tendo por objetivo garantir a proteção social à família, à infância, à adolescência, à velhice; amparo a crianças e adolescentes carentes; à promoção da integração ao mercado de trabalho e à reabilitação e promoção de integração à comunidade para as pessoas com deficiência e o pagamento de benefícios aos idosos e às pessoas com deficiência.”

 

 

José Carlos Araújo

Assessoria de Imprensa da  CNTSS/CUT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *