29 de janeiro de 2020

Em reunião com vereadores de Maceió, Sindicatos rechaçam reforma da Previdência do prefeito Rui Palmeira

Líder do prefeito prometeu agendar audiência dos Sindicatos com o prefeito

Em reunião com os vereadores de Maceió realizada nesta terça-feira, os diversos Sindicatos que representam os servidores públicos municipais da capital apontaram os diversos prejuízos aos trabalhadores, caso seja aprovada a Reforma da Previdência nos moldes que foram encaminhados pelo prefeito Rui Palmeira.

Na reunião, o SINDPREV-AL reafirmou ser contra contra o aumento da alíquota de contribuição previdenciária de 14%. Nosso Sindicato já entrou com uma ação na Justiça para derrubar projeto semelhante do governador Renan Filho e fará o mesmo com o município.

O prefeito Rui Palmeira (PSDB) encaminhou à Câmara de Vereadores a proposta de alterações na legislação previdenciária local. Entre as mudanças está o aumento da alíquota cobrada dos servidores, de 11% para 14%, inclusive para aposentados.

Os sindicalistas presentes à reunião reclamaram da forma como o prefeito encaminhou o Projeto, afirmando que não houve qualquer estudo atuarial discutido com os servidores, para subsidiar qualquer igualdade nas alíquotas patronais. Além das mudanças na alíquota, o prefeito também está revoga alguns direitos de benefícios aos dependentes dos servidores.

A perspectiva é de que o Projeto de Reforma da Previdência de Maceió seja discutido e votado na primeira quinzena de fevereiro.

O líder do prefeito Rui Palmeira, vereador Samyr Malta disse que iria agendar nos próximos dias uma audiência do prefeito com os representantes sindicais para discutir a questão.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *