6 de novembro de 2019

SINDPREV-AL denuncia crise ambiental e prejuízos da Reforma da Previdência na Bienal Internacional do Livro de Alagoas

Diretoras do Sindicato distribuíram panfletos sobre os malefícios da Reforma da Previdência para os trabalhadores e a inoperância do governo Bolsonaro na questão do derramamento de óleo nas praias do Nordeste

As diretoras do SINDPREV-AL, Maria Lins, Aparecida Flores, Solange Chagas e Olgas Chagas estiveram na tarde desta terça-feira realizando uma panfletagem na Bienal Interional do Livro de Alagoas. As diretoras denunciaram o descaso do governo Bolsonaro durante a catástrofe ambiental do derramamento de óleo nas praias nordestinas e a completa incompetência para resolver o problema. A atuação dos deputados federais e do senador Rodrigo Cunha na votação da Reforma da Previdência também foi tema de denúncia por parte do SINDPREV-AL na atividade realizada na Bienal do Livro. Os parlamentares foram denunciados por terem votado a favor da Reforma da Previdência, que acaba com a aposentadoria para milhões de brasileiros.

A 9ª edição da Bienal Internacional do Livro de Alagoas acontece no histórico bairro de Jaraguá até o dia 10 de novembro. O tema deste ano é “Livro Aberto: Leitura, Liberdade e Autonomia. Em um formato diferenciado, as atividades irão acontecer em prédios históricos, praças e na Rua Sá e Albuquerque.

O evento põe em evidência a importância da leitura como ferramenta de autonomia e de liberdade, dando voz e visibilidade a quem precisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *