25 de setembro de 2019

SINDPREV-AL realiza Assembleia no Hospital Santa Mônica para tratar de Insalubridade, Rede Cegonha e Hospital da Mulher

Todas as informações foram repassadas aos que participaram da Assembleia

Em Assembleia realizada na terça-feira (24) com trabalhadores do Hospital Maternidade Santa Mônica receberam informações sobre diversas ações realizadas pelo SINDPREV-AL em benefício dos seus associados.
Participaram da Assembleia os diretores: Olga Chagas, Francisco Mata, Solange Batista, Valda Lima e Leopoldina da Graça e o Advogado Daniel Nunes, do Departamento Jurídico do Sindicato.

INSALUBRIDADE
Os associados do Sindicato tiveram várias vitórias contra o desconto do Adicional de Insalubridade durante as férias e também nas licenças médicas.
O primeiro processo conseguiu uma liminar, através da desembargadora Elisabeth Carvalho do Nascimento. Esta liminar está sendo cumprida pelo Estado.
No segundo processo de Insalubridade o Sindicato está solicitando o cumprimento por parte do Estado.
No terceiro processo, o juiz deve decidir nos próximos dias, mas a expectativa é que seja positiva esta decisão.
Neste terceiro processo, o SINDPREV-AL solicitou que o magistrado conceda o não desconto a todos os associados e também aos futuros associados do SINDPREV-AL.

REDE CEGONHA
O SINDPREV-AL deve entrar em contato com os gestores para saber porque alguns servidores, mesmo tendo direito, não estão sendo contemplados.

HOSPITAL DA MULHER
A maior apreensão revelada na Assembleia pelos servidores foi sobre como se dará a instalação do Hospital da Mulher, que deve ser inaugurado nos próximos dias.
A preocupação dos trabalhadores é por conta da possível sobrecarga dos serviços e outras questões administrativas.
Pensando nisso, o SINDPREV-AL já encaminhou ofício à Secretaria Estadual de Saúde e também para a reitoria da UNCISAL, cobrando informações sobre como será feita a instalação do novo hospital e o impacto nos servidores.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *