5 de julho de 2019

SINDPREV-AL repudia demissão de jornalistas da Gazeta após greve histórica

Sindicato hipoteca solidariedade aos profissionais da comunicação que estão sendo perseguidos por lutarem pelos seus direitos

O SINDPREV-AL vem a público repudiar veementemente a forma covarde como a direção da Organização Arnon de Mello (Gazeta) tem perseguido os jornalistas que realizaram uma greve histórica em Alagoas contra a redução salarial.

Profissionais do mais alto gabarito, credibilidade e honradez foram sumariamente demitidos, numa clara demonstração de perseguição aos grevistas. Além disso, a direção da empresa exerce sobre seus funcionários escancarada pressão psicológica, caracterizando assédio moral no ambiente de trabalho.

Nós do SINDPREV-AL, que estivemos no apoio à luta dos jornalistas, nos vemos na obrigação de denunciar esse tipo de atitude, ao mesmo tempo em que nos colocamos à disposição do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Alagoas (SINDJORNAL) para toda e qualquer ação de denúncia contra a nefasta prática de perseguição ora implantada na Organização Arnon de Mello.

Os jornalistas alagoas têm no SINDPREV-AL um aliado para o que der e vier. Estamos juntos companheiros e companheiras jornalistas de Alagoas.

A DIRETORIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *