2 de maio de 2019

SINDPREV-AL prepara ação com pedido de liminar para anular portaria do governo do Estado devolvendo servidores para o Hospital Ib Gatto, em Rio Largo

O SINDPREV-AL foi procurado por uma comissão de servidores que tiveram suas transferências anuladas pelas portarias

O SINDPREV-AL se reuniu com uma comissão de servidores de saúde do Estado para discutir sobre a decisão abrupta do governo Renan Filho, que resolveu anular através de portarias as transferências de alguns trabalhadores que pediram suas remoções do hospital Ib Gato.
As portarias revogando as transferências foram publicadas no diário oficial do dia 29 de abril e atinge 23 servidores de várias categorias. Estes servidores tinham sido transferidos há mais de seis meses do Hospital Ib Gatto depois de uma intensa negociação e luta dos servidores e sindicato junto à SESAU .
Diante da gravidade do caso, o SINDPREV-AL considera arbitrária a decisão do Governo e irá buscar os meios necessários para garantir o direito dos seus associados.
Ficou decidido em reunião que o SINDPREV- AL vai solicitar ao seu Departamento Jurídico uma ação judicial, com pedido de liminar, para anular as portarias do Governo do Estado .
Além da ação judicial em curso já foi encaminhado ofício para a Secretaria de Estado da Saúde (SESAU) com um pedido de reunião de urgência com o secretário para saber os motivos que levaram o Estado a anular as transferências. A reunião também servirá para que o secretário de Saúde tome conhecimento dos transtornos causados a esses servidores. O SINDPREV-AL vai solicitar ao secretário que o governo reveja a decisão.
Participaram da reunião no SINDPREV-Al, uma comissão dos servidores e os diretores, Célio do Santos, Valda Lima, Olga Chagas, Maria Moura e Alvaro Mazoni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *