31 de janeiro de 2019

Sindprev se solidariza com corpo de enfermagem do HGE e repudia todo e qualquer tipo de assédio no local de trabalho

Diante das recentes denúncias de assédio moral no Hospital Geral do Estado (HGE) amplamente divulgadas pela imprensa alagoana, o SINDPREV-AL vem a público se solidarizar com todo o corpo técnico de enfermagem do HGE, bem como com o conjunto dos trabalhadores e trabalhadoras daquela unidade hospitalar, que vêm sendo vítimas há tempos de inúmeras grosserias e desrespeito.
Lembramos que esse tipo de crime é previsto no Código Penal Brasileiro e deve ser punido com os rigores da lei.
Não podemos ficar calados quando somos agredidos, desrespeitados e aviltados em pleno local de trabalho. A hierarquia serve para garantir a harmonia e organização no ambiente de trabalho, não como forma de opressão, agressão e humilhação.
O SINDPREV-AL exige investigação rigorosa e punição aos envolvidos neste caso mais recente e em todos os casos em andamento. Repudiamos essa prática recorrente e terrível de assédio moral nas dependência do Hospital Geral do Estado. Rogamos que o Ministério Público, Polícia Civil e instituições responsáveis hajam com rigor na apuração, punindo exemplarmente os culpados, como forma de extirpar essa prática abominável do seio do serviço público alagoano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *