30 de maio de 2012

5 de junho: Grande manifestação de servidores federais, em Brasília

Os Servidores Públicos Federais tem mostrado sua força e união ao se mobilizarem a favor de uma nova política salarial imediata para todo o funcionalismo público. Desde o dia em que foram protocoladas as propostas no Ministério do Planejamento, Secretaria Geral da Presidência da República, Supremo Tribunal Federal (STF), Superior Tribunal de Justiça (STJ) e Congresso Nacional, os servidores aguardam uma decisão favorável para a categoria.

 

Chegou o momento de mostrarmos a nossa insatisfação e força. Não vamos mais admitir que o governo, continue se mostrando intransigente quanto às principais reivindicações da categoria. Esta é uma luta de mais de duas décadas e durante todo este tempo não vimos interesse suficiente do governo em dispensar a atenção devida às negociações feitas com os trabalhadores. Se os nossos governantes estivessem respeitando e cumprindo os acordos não haveria necessidade de tantas mobilizações. No entanto, somos vitimas todos os anos de um tratamento descompromissado, que está sempre atrelado a processos exaustivos de negociação, onde nós trabalhadores acabamos sempre prejudicados.

 

Que fique claro que a nossa luta também é contra o descaso como são tratados os milhões de segurados que utilizam os serviços ou dependem das estruturas oferecidas nas Unidades de trabalho dos servidores públicos federais. Sem trégua, temos buscado melhores condições de trabalho e atendimento à população, por acreditarmos que esta bandeira de luta tem que ser hasteada por toda classe trabalhadora brasileira. Como este processo tem sido negado pelos governantes, resta aos trabalhadores irem à luta e as ruas, na busca das suas reivindicações. O Ministério da Previdência Social, mais uma vez, tenta convencer os trabalhadores que o governo cumpre os acordos que assina, e não se intimida ao manter o discurso quanto aos limites orçamentários, alegando que só discutirá, este ano, correções e distorções, nada de reajuste linear.

Em Salvador já realizamos dois dias intensos de manifestações, primeiro no dia 25 de abril e o último Ato, no dia 17 de maio. Agora vamos unir a categoria numa grande marcha a Brasília. A nossa estimativa é que mais de 10 mil pessoas ocupem a Esplanada dos Ministérios, no dia 05 de junho, e já temos o Indicativo de greve unificada dos trabalhadores do serviço público federal, agendada para o dia 11 de junho de 2012, caso o governo não responda a pauta, sendo que o mesmo tem como prazo o dia 30 de maio.

Companheiros (as), a nossa luta, ainda é a única forma de mantermos conquistas e avançarmos rumo ao atendimento das reivindicações. Vamos juntos, rumo à vitória.

Um Comentário em “5 de junho: Grande manifestação de servidores federais, em Brasília

antonio modesto machado
31 de maio de 2012 em 18:18

Chegou a hora de não aceitarmos mais a politicagem do pt com relação a politica salarial do funcionalismo público. Esta politica de enganação qua ai esta, não faz sentido para um partido que se diz de trabalhadores, levando em consideração que é a pior que eu ja vi até hoje no pais, porque da-se gratificações altas para alguns e nada para outros, como vem acontecendo no ministerio da saude.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *